apca assina protocolo de cooperação com arditi e universidade de paris

Prof. Dr. Fabrice D'Almeida
Prof. Dr. Fabrice D’Almeida. (Fonte: APHG Bureau de Picardie/Lycée J. de La Fontaine)

Será celebrado no próximo sábado, 14 de Maio, um protocolo de cooperação entre a APCA Agência de Promoção da Cultura Atlântica, a ARDITI – Agência Regional para o Desenvolvimento, Tecnologia e Inovação e a Universidade de Paris 2, que visa a criação do Instituto de Altos Estudos para a Globalização, Arte e Tecnologia. A assinatura do protocolo tem encontro marcado no Salão Nobre do Governo Regional – Avenida Zarco pelas 11 horas, contando com a presença dos Sr. Secretários Regionais da Educação, Dr. Jorge Carvalho e do Secretário Regional dos Assuntos Parlamentares, Dr. Sérgio Marques e os reitores das Universidades de Paris e da Universidade Aberta. O acordo revela planos de investigação e de desenvolvimento em grandes áreas como as indústrias criativas e culturais, a globalização de caráter social, a tecnologia e as artes e os sistemas de aprendizagem com particular destaque na diáspora.

Como partes envolvidas e estritamente ligadas a este acordo temos: a APCA que promove o desenvolvimento cultural no espaço atlântico, insular e continental, atingindo o património de natureza material como imaterial e também a criação contemporânea. A ARDITI corresponde a uma associação de natureza privada e sem fins lucrativos que tem entre outros, o objetivo de reforçar a colaboração com a comunidade científica e empresarial; promover e apoiar atividades de investigação e desenvolvimento (I&D), nomeadamente através de financiamento a projetos de investigação científica e desenvolvimento tecnológico; desenvolver e apoiar ações de formação de recursos humanos; prestar serviços e apoio técnico a pessoas singulares e coletivas, incluindo organismos de administração central, local e regional fazendo da investigação e inovação uma prioridade para a região, apoiando a geração de emprego e crescimento assentes no saber. A Universidade de Paris 2 é considerada uma grande universidade por se basear em dois grandes propósitos: o ensino e a pesquisa. Possui uma larga e profunda experiência no campo da investigação científica e que por cada ano transacto apresenta um número considerável de artigos e livros como também teses de alta qualidade. Dispõe-se a intensificar a colaboração com os seus parceiros e assim, ambos favorecerem dos benefícios bilaterais, podendo aumentar o intercâmbio científico internacional.

Depois da assinatura do protocolo haverá uma palestra intitulada “Terrorisme, propagande et mondialisation” que será proferida pelo professor Fabrice d’Almeida. Historiador francês, especialista da temática da propaganda e manipulação social pela imagem, Fabrice d’Almeira é um antigo membro da Escola Francesa de Roma, Professor na Universidade de Paris II Panthéon Assas, e no L’Institut Français de Presse. É também diretor do “Médias et Mondialisation” do IFP. O seu trabalho incide nas temáticas da cultura e iconografia política. É ainda co-fundador do grupo de estudo sobre imagens estáticas e dirigiu de 2006 a 2008 o Instituto de História Contemporânea.

A APCA e a ARDITI agradecem a vossa presença nesta conferência deveras importante para o desenvolvimento cultural, estendendo horizontes e novas oportunidades para a Região Autónoma da Madeira.