freitas, augusto césar de

Jornalista e professor de instrução primária. Figura de contornos históricos exiguamente registados, foi, todavia, o principal redator do jornal O Noticioso, cujo primeiro número data de 22/10/1862 e o último de 22/01/1866 (com 152 números publicados), e do jornal O País, cujo primeiro número data de 05/01/1865 e o último de 30/07/1866 (com 41 números publicados). Em Lisboa, colaborou nos jornais Parlamento; Conservador e Monitor Português. Colaborou ainda na redação do Revolução de Setembro, conjuntamente com o jornalista António Rodrigues de Sampaio.

Palavras-chave: jornalismo; docência.

Jornalista e professor de instrução primária. Apesar de ser uma figura de contornos históricos exiguamente registados, sabemos, todavia, que foi o principal redator do jornal O Noticioso, cujo primeiro número data de 22 de outubro de 1862 e o último de 22 de janeiro de 1866 (vindo a público 152 números), e do jornal O País, cujo primeiro número data de 5 de janeiro de 1865 e o último de 30 de julho de 1866 (tendo sido publicados 41 números). Em Lisboa, colaborou nos seguintes jornais: Parlamento, Conservador e Monitor Português. Colaborou ainda na redação do Revolução de Setembro conjuntamente com o jornalista António Rodrigues de Sampaio. É possível que a Câmara do Funchal tenha destinado a redação dos anais deste Município a Augusto César de Freitas, mas tal não veio a acontecer.

Morreu em 21 de dezembro de 1874.

Bibliogr.: CLODE, Luiz Peter, Registo Bio-Bibliográfico de Madeirenses Sécs. XIX e XX, Funchal, ed. Caixa Económica do Funchal, 1983; SILVA, Fernando Augusto da, e MENEZES, Carlos Azevedo de, Elucidário Madeirense, 3 vols., Funchal, Secretaria Regional de Turismo e Cultura, 1998.

Rui Gonçalo Maia Rego

(atualizado a 31.10.2016)