Açúcar

alfenim

Tradicional em alguns países, a confeção de alfenim está documentada em Portugal desde os sécs. XV e XVI e sabe-se da sua presença em festas e romarias populares. Há uma longa tradição desta arte da doçaria, que acompanha o processo de expansão da cana-de-açúcar do Mediterrâneo para o Atlântico, tendo a ilha da Madeira sido …

alfenim Read More »

europa

Pelo facto de ter sido o primeiro espaço de ocupação atlântica com sucesso, pela sua posição estratégica e pelo valor comercial das suas produções, a Madeira despertou, desde muito cedo, o interesse dos europeus, que aparecem sob a forma de aventureiros, navegadores, mercadores, cientistas, doentes ou turistas. De entre estes últimos grupos, ficaram registados testemunhos …

europa Read More »

estimos

Como forma de controlar e de prever a receita, o Senhorio determinou o estimo da produção de açúcar dos diversos proprietários de canaviais. O estimo era feito duas vezes no ano: primeiro, em finais de março e, depois, a partir de 15 de maio, antecedendo a colheita. Para isso, a vereação estabelecia um rol dos …

estimos Read More »

vilhena, guiomar madalena de sá e

A “ilustríssima senhora” D. Guiomar Madalena de Sá Vasconcelos Bettencourt Machado e Vilhena, como então era referida, foi a grande terratenente da Madeira no final do Antigo Regime, administrando 48 capelas vinculadas, entre inúmeras outras propriedades rurais e urbanas. Mulher educada e informada, a partir de 1766 assumiu os negócios da família, que ampliou com …

vilhena, guiomar madalena de sá e Read More »

estrangeiros

Pelo facto de ter sido o primeiro espaço de ocupação atlântica com sucesso, pela sua posição estratégica e o valor comercial das suas produções, a Madeira despertou, desde muito cedo, o interesse dos estrangeiros, que apareceram sob a forma de aventureiros, navegadores, mercadores, cientistas, doentes ou turistas. De entre os últimos grupos, ficaram registados testemunhos …

estrangeiros Read More »

contrabando

O contrabando e descaminho de mercadorias dos circuitos legais foi uma realidade omnipresente nos espaços insulares. As dificuldades no controlo dos circuitos de distribuição e o laxismo institucional, associados à elevada tributação e aos monopólios de venda e comércio de alguns produtos, favoreceram esta situação. O contrabando mais comum acontecia com sal, sabão, tabaco e …

contrabando Read More »

dependência externa

No séc. XV, a Madeira foi a primeira etapa do processo de subjugação e dependência económica da metrópole. Sabemos que o processo de implantação da agricultura não foi pacífico, feito de embates permanentes entre a necessária manutenção da subsistência e a animação comercial do exterior. Do afrontamento de ambas as realidades, resultou sempre a afirmação …

dependência externa Read More »

cerâmica

Nos primeiros tempos do povoamento da Madeira e do Porto Santo não foi possível confecionar qualquer tipo de cerâmica, mesmo para uso comum, não só pela má qualidade das argilas encontradas, como por obrigar à construção de fornos para a sua cozedura. Nesse quadro, as necessidades da população foram colmatadas com importações, vindo panelas do …

cerâmica Read More »