jornais

gabinetes de leitura

Cidade aberta à presença de estrangeiros, nomeadamente Ingleses, o Funchal do séc. XIX nem sempre respondia às solicitações culturais de quem visitava a cidade. O madeirense era pouco letrado e os estrangeiros queixavam-se do facto de não haver livrarias na cidade. Referiam-se, porém, à existência de gabinetes de leitura, lugares onde podiam conviver, ler jornais …

gabinetes de leitura Read More »

crónica

“História dos tempos por sua ordem”, a crónica tornou-se, com a explosão da imprensa periódica oitocentista, secção e género jornalístico-literário de caráter entre informativo e opinativo, até à extrema subjetividade de hoje. Enquanto historiografia e literatura, alternou (quando não se identificou) com designações como “anais”, “comentários”, “fastos”, “memórias”, “relações”, “epanáforas”, “anedotas”, “biografias”; nas crestomatias arcaicas, …

crónica Read More »

brandão, raul germano

Nascido no Porto a 12 de março de 1897, Raul Germano Brandão frequentou o curso de Letras da Universidade de Coimbra, mas acabaria por enveredar pela carreira militar por influência dos pais. Sem vocação para o Exército, seriam as letras o seu grande legado. Escreveu numerosos artigos em jornais e revistas; publicou contos, impressões de …

brandão, raul germano Read More »